Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Carta aberta à sociedade brasileira

Nós,os brasileiros e brasileiras que,com veemência,repudiamos o ato de violência moral e psicológica
cometido contra Geysa Arruda nas dependências da Universidade Bandeirantes
Nós, que condenamos a forma como a UNIBAN (Universidade Bandeirantes) vem conduzindo o caso,viemos por meio desta repudiar veementemente em nome dos Direitos Humanos, o que consideramos "o massacre dos inocentes".
A sociedade brasileira tem o justo direito de se indignar frente ao lamentável episódio protagonizado por uma centena de pessoas altamente despreparadas para agir com civilidade e respeito as diferenças, principalmente em se tratando de alunos de curso superior.
No entanto, a sociedade não tem o direito de ferir a dignidade daqueles alunos que não participaram de tal ato
e que estão à mercê de pessoas que no auge de sua
indignação não conseguem separar uns e outros.

Centenas de alunos erraram e a direção da Universidade errou mais ainda,mas o que não temos o direito de fazer
é julgar todos os estudantes desta Universidade pelo
comportamentos de alguns.
É hora de recobrarmos a razão e termos, todos nós, bom senso e verdadeira justiça para com aquelas pessoas.
Os que erraram, certamente, pagarão pelos seus atos.
E aqueles que nada fizeram não merecem pagar por um crime que não cometeram.
É preciso que uma injustiça não justifique outra.


Gratos pela atenção,
Blog de Direitos Humanos

Nenhum comentário: