sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O Haiti e o circo dos palhaços

A catástrofe do terremoto no Haiti está em todas as manchetes, é notícia no mundo inteiro. Seria lindo e edificante se não fosse pelo detalhe que o Haiti é a muito tempo um país miserável e praticamente abandonado a própria sorte.
Á uma missão da ONU ali desde 2004, mas o que de significativo ocorreu nestes 6 anos pelo povo daquele país? A ONU ali apenas tem administrado o caos, quase nada foi feito pra tirar aquele povo da situação miserável em que se encontram a anos.
Agora com o terremoto, o mundo finalmente volta os olhos ao Haiti, interessante que nos últimos anos bancos em crise receberam muito mais atenção do que o Haiti, mas agora o mundo posa de salvador, de super herói a proteger os fracos e oprimidos.
Conversa mole isso sim, demagogia pura, cada líder mundial fazendo uma competiçãozinha particular pra ver quem é mais "bonzinho" com o Haiti. Oras, isso deveria ter sido feito ANTES e não agora, e milhares de vidas poderiam ter sido salvas.
É óbvio que a ONU e os países desenvolvidos não tem culpa nenhuma do terremoto, isso é fenômeno natural imprevisível. Tão óbvio quanto é saber que quanto mais miserável, desestruturado e despreparado é uma nação, mais vulnerável ela é a estes fenômenos terríveis como um terremoto de grandes proporções.
E ai é que entra a hipocrisia, enquanto o Haiti vivia sua crônica desgraça, o mundo não estava nem ai, agora que tremeu a terra e desgraçou de vez aquele povo, todos posam de salvadores da pátria.
Exemplo disso é o "calculo" de recursos financeiros a ser enviado ao Haiti. Oras, deve-se mandar o que é necessário e ponto, não importa se é 1, 10 ou 100 milhões de dólares, ou ainda mais do que isso.
Mas afinal, quem se importa com o povo do Haiti? Pobres, analfabetos, pretos ainda por cima. Mais importante do que eles foram as quebras de multinacionais gigantescas e instituições financeiras irresponsáveis.

Um comentário:

Denise disse...

A mídia adora desgraça, pq vende. Então, enquanto não aparecer outra desgraça, vão fazer do Haiti um circo de horrores.
Quanto aos governantes, ninguém merece isso. Como se não bastasse o próprio cônsul do país falar que estão tudo f*** por serem africanos (!!!), ficam os países ditos desenvolvidos disputando pra ver quem é mais bonzinho.
Doam dinheiro, doam alimentos, doam tudo. Claro que mais da metade vai ser desviado sabe lá Deus praonde, e as migalhas chegarão para uma minoria somente. Daqui a pouco esfria o assunto, e eles terão que se virar sozinhos. Eta mundo nojento em que vivemos hein!
Aliás, SC até hoje não recebeu o dinheiro prometido.. Engraçado né?